Contatos

São Paulo

Rua Américo Brasiliense, 1923 - Conjunto 906 - Chácara Santo Antônio (Zona Sul) - São Paulo/SP

 (11) 3199-2930
(11) 95060-0756

Rio de Janeiro

Rua Lauro Muller, 116 - Botafogo - Rio de Janeiro/RJ

(21) 3195-0390

Visite o nosso site

Como abordado em artigos anteriores, o mercado corporativo de escritórios no Rio de Janeiro está concentrado nos bairros da Barra da Tijuca, Leblon, Ipanema, Jardim Botânico, Lagoa, Copacabana, Botafogo, Flamengo, Glória, Centro, Porto e Cidade Nova.

Com a chegada da pandemia e a implantação do home office e/ou modelo híbrido de trabalho, alguns desses bairros ganharam maior evidência. Eu já trouxe alguns fatos relevantes dos bairros Leblon e Centro. Para conferi-los, clique nos artigos: Análise dos Escritórios Corporativos no Leblon e Análise dos escritórios corporativos no Centro.

Hoje, darei continuidade à saga dos efeitos que a pandemia trouxe, pontuando alguns fatos importantes da região de Botafogo.

Vamos a eles?

Trabalhar em Botafogo é o sonho para muitos cariocas que desempenham suas atividades profissionais em escritórios corporativos, já que, em sua maioria, tendem a residir na região; outras vezes estão próximos ou gostam da facilidade de acesso que se tem pelo metrô.

Sem entrar no mérito da crise sanitária (um tema já bastante explorado), posso afirmar que de 2012 até os dias de hoje, Botafogo passou um por uma reestruturação forte em se tratando de valores praticados. Estamos falando de um preço médio pedido de R$ 160 por m² em 2012 contra R$ 80 por m² médio em 2021.

Essa redução aconteceu por conta de todos os escândalos vividos no Rio de Janeiro. Quem acompanha os jornais e as dificuldades que o estado e a cidade enfrentam, deve se lembrar.

Considerando este momento pandêmico, como era de se esperar, deu início à dança das cadeiras, e fez a taxa de vacância bater em aproximadamente 28%. Contudo, considerando todas as visitas que temos realizado e a movimentação de retomada dos colaboradores às empresas e escritórios, acredito em uma redução na taxa de vacância para até 20% em 2022. É uma expectativa que está alinhada à análise deste cenário em mudança.

Em Botafogo temos poucos empreendimentos comerciais, entretanto, eles são bastante interessantes, e com a readequacão dos valores de locação, fico bem confortável com a estimativa passada.

Outro ponto diz respeito à vacinação. De acordo com matéria do G1 (14/10), a Prefeitura do Rio mantém a meta de vacinar completamente 65% da população antes de avançar com o plano de flexibilização das medidas contra a Covid-19. Os dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informam que atualmente a cobertura vacinal dos cariocas está em 59,1%. A população adulta completamente vacinada é de 75,5%.

Com isso, vou além!

Atrevo-me a dizer que a pandemia fez o “dever de casa” para os locadores e ajudou os gestores de contratos a terem uma conversa sobre revisão, cobrando o que julgo ser o preço mais justo para o mercado neste momento.

Dito isto, finalizo ressaltando que termos uma retomada no curto prazo para a região e que este é o período de realizar o sonho dos seus colaboradores.

Você, locador ou investidor, se precisar de ajuda, conte com o trabalho sempre disponível da RealtyCorp.


Texto escrito por: Carlos Calzavara – Diretor de Novos Negócios no Rio de Janeiro

Carlos Calzavara

Carlos Calzavara é formado em Administração de empresas e acumula mais de 8 anos de experiência no mercado imobiliário. No ano de 2018 assumiu o setor de novos negócios da RealtyCorp no Rio de Janeiro e Captou mais de 30 mil m² de lajes de escritório. Em 2019 fez transações relevantes no Edifício Ventura Corporate Towers.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *