Contatos

São Paulo

Rua Américo Brasiliense, 1923 - Conjunto 906 - Chácara Santo Antônio (Zona Sul) - São Paulo/SP

 (11) 3199-2930
(11) 95060-0756

Rio de Janeiro

Rua Lauro Muller, 116 - Botafogo - Rio de Janeiro/RJ

(21) 3195-0390

Visite o nosso site

Em um momento de tanta imprevisibilidade pelo qual passa o mundo hoje, dispor de informações precisas e fundamentadas para tomada de decisões, fará toda a diferença na busca de escolhas acertadas, sejam elas quais forem.

Nos negócios em condomínios logísticos/industriais não é diferente, sobretudo diante da dimensão desse segmento no Brasil: atualmente com 22,32 milhões de m² de galpões, sendo 57,52% deles em São Paulo, 11,08% no Rio de Janeiro e 6,75% em Minas Gerais.

Informações quanto à VACÂNCIA/OCUPAÇÃO/TAXA DE VACÂNCIA podem ser vistas no quadro abaixo demonstrando, ao longo do tempo, o comportamento real do mercado:

Gráfico Industrial São Paulo
Fonte: RealtyCorp

O que esperar, por exemplo, para os próximos meses diante da queda na taxa de vacância no Estado de São Paulo? Nele, o índice caiu de 18,75% no 3T/2019 para 18% no 4º Trim./2019. Diante de tantas incertezas surgidas a partir do início deste ano, saber o que esperar depende de muitas variáveis como há muito não se via.

É importante também destacar que a média atual dos preços pedidos de locação, em todo o Estado, é de R$ 17,58/m², uma queda de 2,87% em relação ao 4º Trim./2019.

E quanto aos preços de locação? Como se comportarão diante da atual imprevisibilidade em que nos encontramos? O que se tem é que a média atual dos preços pedidos de locação (R$17,58), no Estado de São Paulo, caiu 2,87% em comparação ao 4º Trim./2019.

Nota-se também que no 4º Trim/2019 a média dos preços pedidos de locação em galpões em condomínios industriais e/ou logísticos caiu nos eixos Anchieta/Imigrantes, Fernão Dias, Regis Bittencourt, Dutra SP, Castelo Branco e Bandeirantes/Anhanguera; e somente subiu no eixo São Paulo (Capital), conforme demonstra a tabela abaixo:

Fonte: RealtyCorp

Finalmente, é importante notar que o eixo Bandeirantes/Anhanguera detém 5,84 milhões de m² de estoque do Estado de São Paulo (45,53% do total), com uma respectiva taxa de vacância de 19,95%.

Diante de um quadro de imprevisibilidade que nos acompanha neste ano de 2020, nada mais seguro do que estar antenado com as melhores e mais acuradas informações sobre o mercado, em prol de tomada de decisões acertadas para o sucesso dos negócios.


Texto escrito por: Alcebíades D. Cavalcanti, Diretor da RealtyCorp.

Alcebíades Cavalcanti

Profissional sênior do segmento imobiliário logístico e industrial, com larga experiência no setor, habilitado a contribuir com o processo decisório corporativo, tendo exercido cargos de liderança e diretoria em empresas reconhecidas e respeitadas no mercado imobiliário corporativo como Ocupantes, Jones Lang Lasalle e Colliers International. Atuação em diversos processos de negociação e fechamento de negócios imobiliários em todo território nacional para companhias nacionais e multinacionais como Procter & Gamble (P&G), Adidas, WalMart, Mercedes Benz, Cetelem, EBM Incorporações S/A, Ciser, Vicunha Têxtil, Cosan, Philips, Unisys, Exterran, Rolls Royce, Aker Solutions, Halliburton, Comgás, Nestlé, BRF, Maersk, Atlas Schindler, ELOG, Faurecia, dentre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *